Câmara vota nesta quarta-feira (11/8) reforma do IR e caso Flordelis

Na quinta-feira (12), de acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), os parlamentares devem votar a reforma política

atualizado 10/08/2021 17:54

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, faz pronunciamento à imprensa, no Salão Verde da Câmara dos DeputadosHugo Barreto/Metrópoles

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o projeto da reforma tributária que contém alterações no Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas e a cobrança de dividendos das empresas será votada nesta quarta-feira (11/8) pelo Plenário. Segundo ele, os deputados vão votar o melhor texto possível, sem prejudicar ou priorizar nenhum setor.

“Se tiver alguma dúvida irá para destaque. Já foi votado o passaporte tributário no Senado e logo depois vamos votar o projeto da CBS (texto institui a CBS, com alíquota de 12%, em substituição ao Programa de Integração Social (PIS) e à Contribuição para Financiamento da Seguridade Social)”, explicou Lira.

O presidente também informou que a Câmara vai votar nesta quarta o relatório do Conselho de Ética que recomenda a perda de mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de ser a mandante do assassinato do marido. Na quinta-feira, de acordo com Lira, os parlamentares devem votar a reforma política.

Arthur Lira reafirmou ainda a votação para hoje da PEC que torna obrigatório o voto impresso. Ele disse que o resultado será respeitado, seja ele qual for, pelos demais Poderes, de acordo com a Agência Câmara de Notícias.

 

Mais lidas
Últimas notícias