Bolsonaro viaja ao litoral de Santa Catarina para passar o Réveillon

O presidente Jair Bolsonaro deu início ao recesso de fim de ano em 17 de dezembro, quando foi para a região do Guarujá (SP)

atualizado 27/12/2021 13:30

Bolsonaro sentado em uma mesa de plástico com o presidente da Caixa e dois apoiadores Reprodução/ Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (PL) embarcou no fim da manhã desta segunda-feira (27/12) para São Francisco do Sul, litoral catarinense, para passar o feriado de Ano-Novo. Na região, deve ficar hospedado no Forte Marechal Luz.

Acompanharam o chefe do Executivo, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a filha do casal, Laura, de 11 anos.

A expectativa é que Bolsonaro retorne para Brasília em 4 de janeiro, quando deve voltar aos trabalhos no Palácio do Planalto. Está é a terceira vez que o presidente irá ao litoral catarinense para descansar.

Em dezembro de 2020, ele ficou hospedado no Forte Marechal Luz para passar o Natal. Na ocasião, o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif, o acompanhou. Em uma das aparições, ele pescou na Baía da Babitonga e também causou aglomerações no retorno à praia do Forte. Em fevereiro deste ano, durante o feriado de Carnaval, Bolsonaro também ficou na região.

Recesso de Natal

Bolsonaro deu início ao recesso de fim de ano em 17 de dezembro, quando viajou para a região do Guarujá.

No litoral paulista, o presidente andou de lancha, foi a um culto evangélico e pescou perto da Ilha das Cobras – conhecida por abrigar a segunda maior densidade populacional de cobras no mundo.

Durante conversa com apoiadores no Guarujá, Bolsonaro voltou criticar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. Em uma das ocasiões, ele disse que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de liberar a imunização para o publico infantil é “inacreditável”.

O chefe do Executivo retornou à Brasília na tarde da última quinta-feira (23/12), para passar o feriado de Natal ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. A esposa do presidente tem o costume de passar o fim de ano na capital federal.

Mais lidas
Últimas notícias