Bolsonaro sobre Moro: “Tem compromisso com o ego, não com Brasil”

Presidente afirmou que, apesar de admirar o ex-juiz da Lava Jato, a "convivência não é fácil". Moro pediu demissão após desavenças

atualizado 24/04/2020 17:20

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), rebateu as denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de que ele teria tentado influenciar politicamente na Polícia Federal. Segundo o presidente, o ex-juiz tem compromisso com “seu próprio ego, não com o Brasil”.

Na manhã desta sexta-feira (24/04), Moro pediu para sair do governo após ser surpreendido pela exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, no Diário Oficial da União.

“Sabia que não seria fácil. Uma coisa é você admirar uma pessoa. A outra é conviver com ela, trabalhar com ela. Hoje pela manhã, por coincidência, estava tomando café com ministros e eu lhes disse: hoje vocês conhecerão aquela pessoa que tem um compromisso consigo próprio, com seu ego, e não com o Brasil”, declarou Bolsonaro.

O presidente afirmou que Moro era “um ídolo” para ele. Mas que, antes de ganhar a disputa pela Presidência, quando ainda era deputado, foi ignorado pelo então juiz da Lava Jato.

“O que eu tenho ao meu lado e sempre tive, foi o povo brasileiro. Hoje essa pessoa vai buscar uma maneira de botar uma lacuna entre eu e o povo brasileiro”, disse Bolsonaro.

Últimas notícias