Bolsonaro faz videoconferência com presidente da Argentina

Esta é a primeira reunião entre o brasileiro e Alberto Fernández. Data marca dia da Celebração da Amizade Brasil-Argentina

atualizado 30/11/2020 12:40

Reprodução/Twitter

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reunirá na manhã desta segunda-feira (30/11) com o presidente da Argentina, Alberto Fernández. O encontro, marcado para 11h30, ocorrerá por videoconferência.

Durante as últimas eleições presidenciais na Argentina, no ano passado, Bolsonaro declarou apoio publicamente à reeleição do então presidente do país, Maurício Macri, e se negou a cumprimentar Fernández pela vitória.

Fernández é peronista, de centro-esquerda, e tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner. Ambos mantêm boa relação com o ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva (PT), arquirrival de Bolsonaro.

“Acho que a Argentina escolheu mal. O primeiro ato do Fernández foi já Lula Livre, dizendo que ele está preso injustamente. Já disse a que veio”, disse Bolsonaro, em outubro de 2019, durante viagem a Abu Dhabi.

Bolsonaro também disse que a Argentina poderá virar, com a eleição de Fernández, uma “nova Venezuela” – país comandado pelo ditador Nicolás Maduro e que passa por uma grave crise social.

A data do encontro entre Bolsonaro e Fernández marca o Dia da Celebração da Amizade Brasil-Argentina, comemorado desde 2018. Foi em 30 de novembro também que foi assinado a Declaração do Iguaçu, considerado o precursor do Mercosul.

O tratado foi assinado em 1985 pelos presidentes da Argentina, Raúl Alfonsín, e do Brasil, José Sarney – em uma fase de redemocratização. A ideia era que os dois países se integrassem econômica e politicamente.

Últimas notícias