Bolsonaro retira e trata lesões causadas por excesso de sol

Material coletado ainda passará por análise laboratorial. Depois de ser atendido no HFA, o presidente revelou que pode ter câncer de pele

atualizado 12/12/2019 15:33

Igo Estrela/Metrópoles

O Palácio do Planalto informou, nesta quinta-feira (12/12/2019), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi submetido a procedimentos médicos dermatológicos para a retirada e tratamento de lesões causadas pelo excesso de exposição solar. O material coletado ainda passará por uma análise laboratorial.

Segundo a nota oficial enviada nesta tarde pela Secretaria de Comunicação Social, foram retiradas “lesões verrucosas” na face e na orelha. O presidente passou também por um tratamento em lesões no tórax e no antebraço.

Fora da agenda oficial, Bolsonaro foi atendido no Hospital da Força Aérea (HFAB), em Brasília, nessa quarta-feira (11/12/2019). Depois que a assessoria de imprensa divulgou que se tratava de uma consulta de rotina, o próprio presidente revelou a jornalistas que sua equipe médica investiga a possibilidade de câncer de pele.

“Eu tenho pele clara, pesquei muito na minha vida, gosto de muita atividade. Então, a possibilidade de câncer de pele existe”, disse, no Palácio da Alvorada, ao retornar do hospital.

Horas depois, em resposta a questionamentos da imprensa, a Presidência da República negou haver “qualquer indicativo de câncer de pele”.

A Secom esclareceu, na nota mais recente, que o chefe do Executivo já havia passado por uma consulta dermatológica seis meses antes. Por recomendação médica, o acompanhamento deve manter a mesma periodicidade.

Leia a íntegra da nota oficial enviada nesta quinta-feira (12/12/2019):

NOTA

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República informa que:

O presidente Jair Bolsonaro esteve nessa quarta-feira, 11, em Brasília, no Hospital de Força Aérea de Brasília, em consulta médica dermatológica previamente agendada, com o objetivo de reavaliação de atendimento feito seis meses atrás. Foram realizados alguns procedimentos como retirada de lesão verrucosa na face e na orelha, além de crioterapia em lesões no tórax e no antebraço, provocadas pelo excesso de exposição solar. O material segue para análise laboratorial, como é de rotina.

Convém, segundo orientação do especialista, fazer avaliação semestral em face do excesso de exposição solar prévia, o que já está sendo seguido.

O presidente Jair Bolsonaro cumpre normalmente as agendas previstas, entre elas, as viagens ao Tocantins e ao Rio de Janeiro no dia de hoje.

Últimas notícias