Bolsonaro: Michelle “pode passar por cirurgia” e não vai viajar

Questionada, a primeira-dama disse que procedimento “não é grave”. Bolsonaro irá viajar com a filha Laura

atualizado 27/12/2019 17:16

Michelle BolsonaroRaimundo Sampaio/Esp. Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (27/12/2019) que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não irá viajar com ele para a Bahia devido a uma cirurgia.

Bolsonaro viajará para a Base Naval de Aratu, no município de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, onde ficará 10 dias. A declaração foi dada na entrada do Palácio da Alvorada, onde o presidente cumprimentou apoiadores e falou com a imprensa.

“Não [Michelle não vai à Bahia], ela está com um problema de… Problema não, vai fazer uma, talvez uma cirurgia nesses dias aí”, disse.

A primeira-dama foi até a entrada do Alvorada cumprimentar apoiadores do presidente, que questionaram sobre a gravidade da cirurgia: “Não é grave”, disse Michelle.

Logo em seguida, perguntado sobre o mesmo tema, Bolsonaro disse que o procedimento da esposa “é coisa besteira”. Depois da declaração, o presidente deixou a residência oficial em direção à Base Aérea de Brasília. A primeira-dama o acompanhou e deve retornar à residência oficial ainda na tarde desta sexta-feira  (27/12/2019).

Acompanharão o presidente na viagem a filha do casal, Laura, e “alguns parentes perdidos”, segundo Bolsonaro. O chefe do Executivo retorna a Brasilia no próximo dia 5 de janeiro, voltando a despachar no dia 6.

Últimas notícias