Bolsonaro leva 115 mil à Esplanada e não quebra recorde de Lula

Estimativas apontavam que até 500 mil apoiadores poderiam ir à posse do novo presidente do Brasil

atualizado 01/01/2019 18:31

Daniel Ferreira/Metrópoles

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo federal divulgou que o público presente na Esplanada dos Ministérios para a posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL), nesta terça-feira (1º/1), foi de 115 mil pessoas. Com isso, o novo chefe do Executivo não bateu o recorde do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em 2003, quando assumiu à presidência da República pela primeira vez, Lula foi acompanhado por 150 mil apoiadores, segundo a Presidência da República.  Para os petistas, o número de militantes na posse de Lula foi ainda maior: 200 mil participantes, que chegaram em caravanas de todos os cantos do país.

Nesta terça, estimativa era a presença de até 500 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios durante a cerimônia de posse do novo presidente. No entanto, o mínimo esperado era de 250 mil pessoas. O PSL assumiu que pretendia bater outra vez o Partido dos Trabalhadores e superar uma marca em poder do adversário: a de maior público no dia da posse, na Esplanada dos Ministérios.

Últimas notícias