Bolsonaro insinua briga militar com EUA por Amazônia: “Tem que ter pólvora”

Bolsonaro criticou a intenção do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, de criar um fundo para combate à destruição da Amazônia

atualizado 11/11/2020 9:13

Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ventilou a possibilidade de uma disputa militar entre o Brasil e os Estados Unidos. O comentário foi feito quando Bolsonaro criticava a intenção do presidente eleito dos EUA, Joe Biden, de criar um fundo para investir U$ 20 bilhões no combate à destruição da Amazônia.

Bolsonaro reclamou da afirmação de Biden de que cogita levantar barreiras comerciais com o Brasil caso o governo brasileiro se recuse a “apagar o fogo da Amazônia”.

“Como é que nós vamos fazer frente a tudo isso? Apenas pela diplomacia não dá. Depois que acabar a saliva tem que ter pólvora”, disse.

O mandatário do país defendeu ainda que “não precisa nem usar a pólvora”, basta que Biden “saiba que tem”. “Esse é o mundo, ninguém tem o que nós temos”, completou.

Segundo Bolsonaro, diante da intenção do novo governo norte-americano, cabe ao Brasil se fortalecer. “Nós temos que nos fortalecer. E como nos fortalecer? Liberando a economia, livre mercado. Dando liberdade para quem quer trabalhar, e não enchendo o saco de quem quer produzir”, finalizou.

0

Últimas notícias