Bolsonaro comemora ação contra Witzel: “Parabéns à PF, tá ok?”

O objetivo da ação é apurar indícios de desvios de recursos públicos destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública

atualizado 26/05/2020 10:55

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou a Polícia Federal pela ação deflagrada nesta terça-feira (26/05), no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio, Wilson Witzel.

“Parabéns à Polícia Federal. Fiquei sabendo agora pela mídia. Parabéns à Polícia Federal, tá ok?”, disse o presidente, ao sair do Palácio da Alvorada.

A ação faz parte da Operação Placebo, desencadeada para apurar indícios de desvios de recursos públicos destinados ao atendimento do estado de emergência de saúde pública do coronavírus no estado do Rio de Janeiro.

Agentes cumprem 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio, entre eles na residência oficial do governador, que é alvo de ataques do presidente.

Antecipação

Ao ser questionado se a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) sabia antecipadamente da operação, Bolsonaro retrucou: “Pergunta para ela”.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, nessa segunda-feira (25/05), a deputada disse que a Polícia Federal investigava governadores sobre irregularidades na Saúde durante a pandemia do novo coronavírus. Informação que se confirmou, na manhã desta terça-feira (26/05).

Embora Zambelli, uma das parlamentares mais próximas do presidente, não tenha citado nomes, a antecipação da ação pela parlamentar levantou a suspeita de que Bolsonaro vem tendo acesso a informações de investigações da corporação.

“A gente deve ter, nos próximos meses, o que a gente vai chamar, talvez, de ‘Covidão’ ou de… não sei qual vai ser o nome que eles vão dar… mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”, disse a parlamentar nessa segunda-feira (25/05).

0

 

 

Últimas notícias