metropoles.com

Bolsonaro: Alexandre Silveira assume liderança no Senado em fevereiro

Alexandre Silveira é 1º suplente de Antonio Anastasia (PSD-MG), que deixará Senado para ser ministro do Tribunal de Contas da União

atualizado

Compartilhar notícia

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou nesta quinta-feira (20/1) que o atual diretor de Assuntos Jurídicos do Senado Federal, Alexandre Silveira (PSD-MG), será o novo líder do governo na Casa.

Durante sua transmissão ao vivo nas redes sociais, o chefe do Executivo federal falava sobre uma viagem à ferrovia Norte-Sul quando confirmou o nome de Silveira.

“A gente vai convidar aí a bancada mineira. Tem que convidar, né? Convidar todo mundo. Convidar o novo líder do governo, que vai assumir agora em fevereiro, o Alexandre Silveira, para ficar com a gente num trecho dessa ferrovia”, declarou.

Alexandre Silveira é o primeiro suplente do senador Antonio Anastasia (PSD-MG), que irá assumir uma cadeira de ministro no Tribunal de Contas da União (TCU).

Silveira também é um dos principais aliados do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Nos bastidores, parlamentares dizem que o nome de Alexandre Silveira tem o objetivo de reaproximar Bolsonaro e Pacheco para as eleições deste ano.

O posto de líder do governo era ocupado por Fernando Bezerra (MDB-PE), que renunciou da função após perder a disputa pelo TCU.

Silveira diz que ainda não se decidiu

Nesta quinta, Alexandre Silveira confirmou que recebeu o convite do presidente Jair Bolsonaro, mas ainda não pode avaliá-lo, pois ainda não tomou posse no lugar de Anastasia.

Segundo aliados, o movimento de Silveira se trata apenas de uma “burocracia” até ele assumir a cadeira do atual senador e futuro ministro do TCU.

“Recebi do presidente da República o convite para assumir a liderança do governo no Senado. Acredito que o convite se deu pela nossa capacidade de diálogo e disposição para discutir os projetos que interessam aos brasileiros, acima de qualquer ideologia ou questão partidária”, escreveu Silveira, no Twitter.

“Mas, como não estou investido do cargo de senador da República, não posso considerar a avaliação da proposta no momento. Meu objetivo é, com responsabilidade e muito trabalho, cumprir um mandato que orgulhe os mineiros e as mineiras, independente de governos ou ideologias”, completou.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações