Após dar entrada no HFA, Bolsonaro ficará em observação por até 2 dias

Presidente da República passa por série de exames na unidade de saúde para identificar causa dos soluços

atualizado 14/07/2021 9:24

Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro Marcelo Queiroga durante evento de Assinatura do contrato de transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Brasília.Igo Estrela/Metrópoles

No Hospital das Forças Armadas (HFA) desde a madrugada desta quarta-feira (14/7) para a realização de exames, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deverá ficar em observação entre 24 e 48 horas.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, informou nas redes sociais que o pai deve passar o dia realizando exames no HFA.

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência informou que o mandatáro do país deu entrada no hospital por orientação da equipe médica para investigar a causa dos soluços.

Em conversa com apoiadores, Bolsonaro disse que, no último sábado (3/7), foi submetido a um procedimento odontológico e tem apresentado soluços desde então.

“Peço desculpas, estou há uma semana com soluço. Talvez eu não consiga me expressar aqui adequadamente durante esta live”, disse o chefe do Executivo nacional, ao iniciar a transmissão ao vivo nas redes sociais na última quinta-feira (8/7).

Leia a nota na íntegra:

“O presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14/7) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços.

Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem.”

Mais lidas
Últimas notícias