“Alô, presidente”: campanha de Bolsonaro usa modelos como “nordestinos”

Em vídeo publicado no Twitter, o presidente atende a ligações de personagens ilustrados por fotos de bancos de imagens

atualizado 01/07/2020 15:32

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) postou em suas redes sociais nesta quarta-feira (1º/07) o vídeo de uma campanha intitulada “Alô, presidente”. Na peça, Bolsonaro conversa com supostos moradores da Região Nordeste sobre a transposição do Rio São Francisco no Ceará e sobre a ampliação dos serviços ferroviários no Rio Grande do Norte.

As fotos dos personagens usadas no vídeo, no entanto, foram compradas de bancos de imagens e usadas para representar as pessoas com quem Bolsonaro estaria conversando.

A primeira ligação do vídeo seria com “Dona Maria Eulina”. A foto que ilustra a pessoa com quem o presidente interage custa R$ 45 no banco de imagem iStock.

0

O homem que se identifica como Francisco Valmar também é um modelo. A foto dele já havia sido utilizada na campanha “O Brasil não Pode Parar”, idealizada pela Secretaria de Comunicação da presidência (Secom), mas que não chegou a ser lançada oficialmente.

O Metrópoles questionou a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República sobre o uso de fotos de pessoas de bancos de imagens no vídeo que simula conversas com Bolsonaro. Até a publicação deste texto, a Secom ainda não havia se manifestado.

Últimas notícias