Agenda oficial trouxe ex-deputado “lobista” como assessor do Planalto

Mesmo sem cargo formal, Leonardo Quintão foi apresentado pela Casa Civil como funcionário do governo enquanto buscava clientes para empresa

Lucio Bernardo Jr./Câmara dos Deputados

atualizado 08/05/2019 17:23

“Me parece que você conhece bem quem está por trás da Dois5f.” Foi com essa frase que o diretor comercial da empresa, Andrey D’Almeida, respondeu ao questionamento feito por um possível cliente sobre seus serviços. O homem que gravava a ligação, um empresário de Brasília, tinha ouvido falar sobre a negociação de uma “assessoria parlamentar” que a Dois5f forneceria aos seus clientes. O produto principal da empresa, com sedes em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Miami (EUA), é um clube de vantagens.

A pessoa a quem Andrey se referia na conversa é o ex-deputado Leonardo Quintão (MDB-MG). Amigo de infância do proprietário da empresa, Marcelo Ribeiro, ele circulava em Brasília com alguns clientes do empreendimento. No restante do áudio, o executivo fornece mais detalhes da parceria.

Mesmo derrotado nas eleições do ano passado, Quintão continuou atuando na capital. Ora na política, ora junto à iniciativa privada. Membro da equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro (PSL), ele começou o atual governo sendo identificado pelo Planalto como subchefe para assuntos parlamentares da Casa Civil.

O nome do ex-parlamentar consta em ao menos oito agendas oficiais entre os dias 2 de janeiro e 18 de fevereiro. Quintão frequentou reuniões com autoridades e parlamentares, sempre falando em nome do governo.

Mesmo dando expediente no Palácio do Planalto e sendo apresentado como membro do governo, a Casa Civil alega que ele nunca foi nomeado para o cargo. A pasta, no entanto, não respondeu aos questionamentos sobre a presença de seu nome em agendas oficiais.

O último compromisso oficial registrado no site do Planalto é do dia 18 de fevereiro. Na ocasião, o ex-deputado, devidamente identificado como membro do governo, reuniu-se com o agora ministro da Educação, Abraham Weintraub.

0

A gravação abaixo foi feita um dia depois desse compromisso. Nela, Andrey fala um pouco mais sobre as possibilidades que o empresário, que teve a voz modificada para não ser identificado, teria ao firmar parceria com a Dois5f.

— Eu sei que o Marcelo [CEO da empresa] e o Quintão fazem esse trabalho frente ao governo. Agrega um valor muito grande ao produto, no contrato, na parceria – disse o empresário. 

— Entendi, entendi, entendi. A gente precisaria entender como é que funciona esse teu projeto. Bem, me parece que você conhece bem quem está por trás da Dois5f – respondeu Andrey, o diretor.

Ouça:

Público-alvo do negócio
Na mesma gravação, o diretor comercial da empresa afirma que “60% dos clientes da Dois5f são sindicatos”. Um deles é o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco). Uma publicação no site institucional da entidade confirma a parceria com o clube de vantagens a partir de julho de 2018.

“Válido em todo o país, o programa oferece descontos em diversos serviços, lojas, cinemas, empresas de viagens, instituições de ensino, companhias aéreas e supermercados, entre outros. Há, ainda, convênio de 20% a 60% de desconto para medicamentos em redes de farmácias com mais de 9 mil unidades”, diz o texto sobre a parceria.

0

Também no dia 19 de fevereiro de 2019, pouco antes de falar com o diretor comercial Andrey D’Almeida, o empresário gravou uma conversa de quase 20 minutos com um gerente da Dois5f identificado como Roberto. Trata-se de Roberto Rocha, na época gerente comercial da empresa.

O funcionário confirmou que Leonardo Quintão, no Parlamento, e Marcelo Ribeiro, com o clube de vantagens, atuavam em parceria, em Brasília, oferecendo serviços a grandes sindicatos. Por um lado, Quintão faria a articulação parlamentar, também conhecida como “lobby”, e Ribeiro a empresarial.

— Eu tenho um contato em comum com o pessoal do Sindifisco. Eles me elogiaram muito tanto a questão de benefício quanto a questão de assessoria parlamentar, porque eles têm a questão lá da Previdência, que eles estão brigando e tudo. O Quintão, junto com o Marcelo, tem feito esse trabalho lá, de assessoria parlamentar com o Sindifisco, cara – afirmou o empresário que gravou a conversa.

— Então, eu vou fazer o seguinte… o Quintão, ele tá sempre em Brasília. Eu vou aproximar vocês – respondeu Roberto (gerente comercial).

A conversa avançou e a assessoria parlamentar ligada ao ex-deputado foi assunto novamente. Dessa vez, o empresário perguntou sobre a possibilidade de negociação de um pacote do clube de vantagens incluindo o serviço político.

— E que tipo de proposta você acha que ele [Marcelo, presidente da Dois5f] pode fazer, assim? Uma proposta conjugada dessa assessoria junto com white label [categoria do clube de vantagens]? – perguntou o empresário.

— A assessoria eu não sei, porque é um produto que não está na minha alçada, nem chegou na minha mão. Eu sei que é um braço também da Dois5f, que eles transitam lá livremente, né? Eles estão muito próximo da equipe de transição do governo atual, mas eu não sei até que ponto isso pode se estender para vocês. Agora, com certeza, do clube de benefícios, ele pode te fazer uma proposta – respondeu Roberto.

Alguns minutos depois, o gerente comercial explicou que Marcelo e Quintão trabalhavam em Brasília, enquanto o escritório em São Paulo, onde ele ficava, cuidava de outros clientes.

— Vocês têm feito também credenciamento local? Por exemplo, escolas locais, faculdades locais – perguntou o empresário.

— É esse que está sendo o nosso foco de atuação. O que está acontecendo… o Marcelo e o Quintão estão de frente com as associações, né? Com “os grandão”. E a nossa equipe comercial em São Paulo e em Belo Horizonte está fazendo a captação desse pessoal – respondeu Roberto (gerente comercial).

Confira:

Questionado pelo Metrópoles no dia 3 de maio, o diretor comercial Andrey D’Almeida disse que a Dois5f desenvolve tecnologias de vários modelos, mas não trabalha com assessoria parlamentar. “Até porque a assessoria parlamentar tem que ter acesso ao Parlamento. E não é comigo isso”, explicou.

Sobre a participação de Leonardo Quintão no negócio, Andrey afirmou que a fala de que o ex-deputado estaria “por trás” da empresa pode ter diferentes significados. Disse ainda que não costuma atender clientes por telefone. “Pode ter sido algum vendedor meu”, afirmou. Seu celular, no entanto, está divulgado no site da empresa.

Roberto, que era gerente comercial na época, não está mais na Dois5f e não foi localizado pela reportagem. O CEO da empresa, Marcelo Ribeiro da Silva, também não foi encontrado para falar sobre o assunto.

De volta à iniciativa privada, Leonardo Quintão disse, por telefone, que sua relação com o CEO da Dois5f, Marcelo Ribeiro, é de amizade, iniciada na infância, e não de negócios. Os dois chegaram a aparecer juntos numa foto na qual o ex-deputado é identificado como sócio, compartilhada por uma empresa contratante. “Não tem problema a foto. Eu sou amigo do Marcelo. Amigo de infância”, justificou.

Nas eleições de 2018, Quintão tentou o terceiro mandato como deputado federal, mas não foi eleito. Ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele declarou ser empresário e ter um patrimônio superior a R$ 16 milhões. Enquanto parlamentar, ele reconheceu que tinha relação próxima com auditores fiscais. No entanto, frisou que não é mais deputado, tampouco faz parte do governo Bolsonaro.

“Eu tenho todo o direito de fazer meu trabalho na iniciativa privada. Agora, pertinente à Dois5f, isso aí é um trabalho de perseguição de concorrente”, afirmou.

Quintão foi enfático ao dizer que as vozes das gravações divulgados não são de funcionários da empresa de clube de vantagens.

Uma avaliação do perito Ricardo Molina, no entanto, indica que a pessoa gravada pelo empresário é a mesma que falou com a reportagem: Andrey D’Almeida, diretor do empreendimento. “Pode-se afirmar, por enquanto, que as duas vozes, com alta probabilidade, pertencem ao mesmo”, detalhou o especialista.

Reprodução/Facebook
Empresa que contratou serviço de clube de vantagens publicou foto e fez referência a Leonardo Quintão como parte da Dois5f


Vazamento de informação

Em um novo diálogo com o diretor comercial da Dois5f, Andrey D’Almeida, gravado em 14 de março deste ano, o mesmo empresário fala sobre a publicação da Medida Provisória (MP) nº 873, no dia 1º de março, que acabou com a contribuição sindical por meio de desconto em folha.

— Mas que treta esse negócio da MP, hein, cara? – comentou o empresário.

— Pois é. Pegou de calça curta o pessoal, né? – respondeu Andrey D’Almeida (diretor comercial).

— O Roberto [gerente comercial] disse que o pessoal do Sindifisco já sabia. Então, o pessoal tava preparado já – disse o empresário.

— Nem todos. Alguns não estavam, não. Alguns não estavam esperando. Sindicato que não tem tanta relevância pro governo não tava sabendo que isso ia acontecer. E aí, alguns que tiveram um pouquinho mais de tempo já estavam tendo algumas respostas, digamos assim. Tinham algumas informações antecipadas, conseguiram se precaver – respondeu Andrey.

Ouça:

A Dois5f ofereceria às associações e sindicatos um serviço chamado “checkout”. Esse produto consiste, de acordo com as gravações, em uma forma de pagamento de contribuição sindical por meio de cartão de crédito. O Sindifisco Nacional conseguiu manter o desconto em folha depois de ingressar, no dia 13 de março, com uma ação na 6ª Vara Federal Cível do Distrito Federal.

A entidade obteve uma decisão liminar, no dia 18 do mesmo mês, para continuar provisoriamente com a mesma forma de recolhimento. O presidente do Sindifisco Nacional, Kleber Cabral, afirmou que o sindicato não contratou nenhum tipo de assessoria parlamentar com a Dois5f e que o negócio com a empresa foi firmado na gestão anterior.

Segundo ele, a entidade conta com o serviço de assessoria parlamentar de pessoas que não possuem mandatos eletivos. “O Sindifisco tem assessoria parlamentar. Tem algumas pessoas, algumas empresas, mas ninguém vinculado a deputado nenhum”, explicou.

Sobre a proximidade com Leonardo Quintão, o presidente afirmou que o ex- deputado tem simpatia pelos servidores públicos, assim como outros políticos. Kleber Cabral nega que tenha obtido qualquer tipo de informação privilegiada do governo em relação à MP que impede o desconto da contribuição sindical em folha. “Fomos surpreendidos como todos os outros, na véspera do
Carnaval”, declarou.

Histórico de Quintão
O ex-parlamentar Leonardo Quintão (MDB-MG) exerceu três mandatos como deputado federal. Ele também já foi deputado estadual e vereador.

O ex-parlamentar é réu em ação civil por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual de Minas Gerais.

Últimas notícias