Porta-voz sobre Previdência: “Bolsonaro tem grande expectativa”

Governo acredita que a população apoia a proposta com base no placar positivo em primeiro turno na Câmara

José Dias/PRJosé Dias/PR

atualizado 06/08/2019 18:49

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, sinalizou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, confiam em um resultado positivo na votação do segundo turno da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. A retomada está prevista para a noite desta terça-feira (06/08/2019).

“Aguardam a votação na Câmara com grande expectativa e esperam que a proposta seja enviada o quanto antes ao Senado”, informou Rêgo Barros.

Segundo o porta-voz, o posicionamento do Ministério da Economia, tendo em vista o resultado do primeiro turno e ausência de protestos ou grandes manifestações contrárias, é de que a população abraçou a proposta do governo federal.

“O Brasil entendeu a necessidade de fazer uma reforma expressiva, mudanças necessárias para que a economia entre de vez num ciclo de crescimento sustentável para as futuras gerações de brasileiros”, disse.

MP que desobriga publicações em jornais

Sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro de editar uma medida provisória que desobriga empresas de publicarem balanços em jornais, o porta-voz alegou que a decisão reduz os custos empresariais no país.

“O governo federal entende a edição dessa medida provisória, que é a 892, se justifica pela necessidade de simplificação dos processos referentes às publicações societárias em órgãos oficiais e em jornais de grande circulação. Essa alteração reduz custos para as empresa porque desobriga a publicação atualmente exigida em diários oficiais e jornais de grande circulação”, disse.

“Esse assunto tem sido discutido há várias décadas no Executivo. Mais uma vez, o governo do presidente Jair Bolsonaro teve a coragem de romper barreiras burocráticas e de grupos de interesse no intuito do bem coletivo e maior da sociedade”, concluiu.

Últimas notícias