“Não me importo com ingratidão”, diz Joice sobre perder liderança

Deputada federal publicou no Twitter que ganhou “alforria” e agora pretende se dedicar à candidatura à Prefeitura de São Paulo

Divulgação/PRDivulgação/PR

atualizado 17/10/2019 19:43

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), retirada da liderança do governo Bolsonaro no Congresso nesta quinta-feira (17/10/2019), disse pelo Twitter que não se importa com “ingratidão”. Em duas postagens, autoelogiou-se por seu papel na articulação pela reforma da Previdência e na atuação para a “contenção de crises”.

A parlamentar afirmou, ainda, ter recebido a destituição como uma “alforria” para se dedicar ao mandato e a sua candidatura à Prefeitura de São Paulo.

“Não nasci líder, não preciso disso. Trabalhei 20 horas por dia para salvar o governo de crises, aprovar pautas importantes para o país, apagar incêndios durante todos esses meses. Agora ganho minha alforria e mais tempo para cuidar do meu mandato e da minha candidatura à prefeitura”, diz uma das mensagens.

O ápice do desgaste da relação entre Joice e o Palácio do Planalto foi a assinatura da parlamentar na lista que apoiava a permanência de Delegado Waldir (PSL-GO) no cargo de líder do partido na Câmara dos Deputados. O presidente da República tentava a articulação pela substituição de Waldir pelo filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Últimas notícias