Falha no Detran-RN expõe dados de quase 70 milhões de brasileiros

Segundo a denúncia, CPF, telefone, endereço e outras informações podiam ser acessadas. Órgão admite, mas diz que problema foi logo corrigido

ReproduçãoReprodução

atualizado 14/10/2019 19:04

Em meio a uma falha no sistema informatizado do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN), cerca de 70 milhões de dados de brasileiros que possuem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram vazados. Em nota, o órgão admitiu o problema, mas afirmou que a brecha foi corrigida rapidamente.

“O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) esclarece que, de imediato, a equipe técnica de Informática do órgão sanou a falha ocorrida em seu sistema”, diz trecho do comunicado.

O erro permitiu que dados cadastrais fossem pesquisados. De acordo com o pesquisador que fez a denúncia, era possível acessar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), o endereço residencial, telefone completo e todas os outros dados presentes na CNH. As informações foram dadas ao site Olhar Digital.

O pesquisador de informação digital explorou a falha por cerca de três meses e conseguiu acesso aos dados. Na primeira semana de outubro, um novo teste mostrou que a página que divulgava os dados de qualquer cidadão não mostrava mais os dados, mas ainda podia ser acessada.

Segundo o Detran-RN, “cabe ressaltar que os dados dos usuários não foram afetados, assim como não houve interferência nos sistemas de Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) nem no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam)”.

Segundo a nota, a Direção-Geral do Detran-RN está abrindo um procedimento administrativo para apurar o vazamento.

Últimas notícias