*
 

Derrotados na eleição presidencial deste ano, Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) reuniram-se nesta quarta-feira (7/11) para discutir a formação de oposição ao governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). A conversa ocorreu na sede da Rede Sustentabilidade, em Brasília.

“Trocamos ideias sobre o desafio de uma oposição democrática, que seja comprometida com o desenvolvimento sustentável, a defesa das instituições e do interesse nacional”, escreveu Marina, no Twitter.

Ciro, citando a adversária, disse que o assunto da reunião foi o “futuro do Brasil”. “Principalmente em relação à defesa da institucionalidade democrática, dos interesses nacionais e da pauta das populações mais vulneráveis.”

O pedetista ficou em terceiro lugar na disputa pelo Palácio do Planalto, atrás de Bolsonaro e Fernando Haddad (PT). No segundo turno, ele fez apoio crítico ao petista. Marina, que despontava entre os cinco primeiros colocados em pesquisas eleitorais, ficou em oitavo lugar.