*
 

O presidente eleito Jair Bolsonaro parabenizou, por meio de sua conta no Twitter, nesta sexta-feira (7/12) seu segundo filho, Carlos Bolsonaro, pelo aniversário de 36 anos. Carlos é vereador na Câmara Municipal do Rio e chegou a ser contado para assumir a comunicação do Planalto após a posse do pai. Após resistências de alguns integrantes da transição, acabou reassumindo seu mandato como vereador.

Bolsonaro refere-se carinhosamente ao filho, que coordenou as redes sociais do paí durante a campanha como “Meu Pitbull”.

“Não sou muito bom com emoções expostas, mas faço questão de ser desta vez. Meu PitBull, obrigado sempre por estar por perto, jamais querendo aparecer ou ter ganhos pessoais. Sua atitude é de um verdadeiro Guerreiro e Homens que procuraram algo diferente têm ao seu lado sempre pessoas com seu perfil. Conte sempre comigo, parabéns e um forte abraço, Carlos!”, disse o presidente eleito.

 

No texto de homenagem ao filho, Bolsonaro diz ainda que Carlos foi o primeiro a “encarar os ventos das adversidades” e lembrou a presença do filho frente ao atentado que sofreu durante a campanha, em Juiz de Fora (MG). Bolsonaro atribui o crime a um “simpatizante do Psol”.

“Quem dera toda pai tivesse um filho como esse. Se enganam os que creem que irão nos separar. Nossos laços vão muito além de algo comum. Nestes últimos tempos esteve comigo quando um simpatizante do Psol tentou me assassinar, usou suas mãos para apertar meu ferimento e conversava comigo para evitar a perda de consciência, conseguiu me acompanhar na sala de cirurgia quando em determinados momentos pensei no pior”.