Bolsonaro diz que Procuradoria-Geral é a “dama” no jogo de xadrez

Sem explicar a razão do comentário, o presidente enumerou funções para integrantes do tabuleiro, no qual ele próprio seria o rei

JP Rodrigues/MetrópolesJP Rodrigues/Metrópoles

atualizado 03/09/2019 12:56

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, em entrevista na porta do Palácio da Alvorada nesta terça-feira (03/09/2019), que se houvesse um jogo de xadrez no governo, a “dama” seria a Procuradoria-Geral da República (PGR).

“A dama seria quem? Alguém tem ideia? Quero ver se vocês são inteligentes, quem seria a dama? Qual autoridade seria a dama? Que pode ser homem, obviamente. A dama é a PGR“, disse.

Sem explicar a razão do comentário, Bolsonaro começou a enumerar funções para integrantes do tabuleiro, no qual ele próprio seria o rei. “Vamos imaginar um jogo de xadrez no governo?”, sugeriu. Paulo Guedes seria o cavalo, Sergio Moro a torre e os demais ministros os peões, de acordo com o mandatário do país.

A dama também é conhecida como rainha, a peça com o maior valor no jogo de xadrez.

Bolsonaro ainda não indicou o nome que vai substituir a atual procuradora-geral no cargo. O mandato de Raquel Dodge vai até o dia 17 deste mês.

Últimas notícias