Bolsonaro desmente jornalista que anunciou queda de Vélez: “Fake news”

Eliane Cantanhêde, da GloboNews, afirmou, nesta quarta, que a demissão do ministro da Educação já estava decidida pelo presidente

atualizado 28/03/2019 7:10

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recorreu à sua conta no Twitter, na noite desta quarta-feira (27/3), para rebater a informação dada pela jornalista Eliane Cantanhêde, da GloboNews, de que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, seria demitido nas próximas horas. De acordo com o chefe do Executivo nacional, trata-se de mais uma fake news.

Segundo a jornalista, a decisão de demitir o titular do MEC já estaria tomada. O Palácio do Planalto teria concluído que não dá mais para o ministério ficar como está. “Entrando no terceiro mês, já caíram 12 pessoas, houve seis recuos, Vélez Rodríguez não tem comando sobre a pasta, não sabe o que está acontecendo e isso tem causado muito desgaste ao governo e ao próprio presidente”, disse Cantanhêde.

Ela afirmou que o anúncio da demissão é questão de tempo. “Pode ser em horas, em dias, mas deve ser muito rapidamente. Ele [Vélez] não vai ficar no governo”. De acordo com a comunicadora, porém, a expectativa é de que a saída do ministro seja divulgada ainda nesta quinta (28).

Procurada pelo Metrópoles, a Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República não confirmou a informação da jornalista.

Últimas notícias