Antônio Carlos Martins Soares lidera preferência de Bolsonaro para PGR

Escolha fora da lista tríplice deve-se à indicação do filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, e do advogado dele, Frederick Wassef

MPF/DivulgaçāoMPF/Divulgaçāo

atualizado 19/08/2019 9:53

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve anunciar, até esta terça-feira (20/08/2019), o nome do subprocurador Antônio Carlos Martins Soares (foto em destaque) como o novo procurador-geral da República (PGR).

A escolha de Bolsonaro deve-se à indicação do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, e do advogado do parlamentar, Frederick Wassef.

Wassef defende Flávio na ação que levou o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, a suspender apurações em todo o país que tenham usado dados de órgãos de controle – Coaf, Banco Central e Receita Federal – sem o aval da Justiça.

Antônio Carlos Martins Soares é do Rio de Janeiro e não integra a lista tríplice apresentada pelos procuradores a Jair Bolsonaro. O escolhido vai suceder a atual chefe do Ministério Público Federal (MPF), Raquel Dodge, cujo mandato acaba em 17 de setembro.

Últimas notícias