Policial acusado pela morte de colega é preso após três anos de condenação

Após a condenação, a defesa recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ele continuou em liberdade, aguardando o resultado

atualizado 15/09/2021 11:13

SSP/SE/Reprodução

Após três anos da condenação, foi preso o ex-policial militar Bruno Campos Fernandes de Souza, acusado pela morte do colega de farda Alysson Farias de Souza, em agosto de 2010.

O mandado de prisão foi cumprido nessa segunda-feira (13/9), pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol).

Em agosto de 2018, Bruno foi julgado pela Justiça sergipana e condenado à pena de 13 anos e 26 dias de reclusão. A defesa recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ele continuou em liberdade, aguardando o resultado.

Leia mais em F5 News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias