Polícia procura suspeito de espancar e matar transexual

De acordo com as investigações, o corpo de Márcia Shokenna Bastos da Silva, 28 anos, foi encontrado com marcas de agressão a pauladas

atualizado 17/06/2020 12:49

transexual morta a pauladas no rio de janeiroReprodução/ facebook

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga a morte da transexual Márcia Shokenna Bastos da Silva, 28 anos, assassinada na tarde do último domingo (14/06), em Maricá, Rio de Janeiro.

As autoridades apuram a motivação do crime. De acordo com as investigações, o corpo de Márcia tinha sinais de espancamento e marcas de agressão a pauladas, e foi encontrado na entrada de um sítio por um morador do bairro.

A polícia informou ainda que a vítima tentou fugir, mas não resistiu aos ferimentos. Uma petição na internet pede por justiça e já reúne mais de 4 mil assinaturas.

Em sua última publicação nas redes sociais, Márcia postou uma foto na qual enxuga uma lágrima. “Lembrar da época que quase me apaixonei, você me desviou da bala. Mostrou ser um idiota, que quase eu te amei”, escreveu.

O sepultamento da vítima foi realizado na manhã dessa terça-feira (16/06).

0

 

Últimas notícias