Polícia procura homem que ataca pessoas com ácido em Porto Alegre

Cinco vítimas já foram à polícia relatar o caso. Uma mulher segue internada com queimaduras de segundo grau

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

atualizado 22/06/2019 21:14

A 13ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre procura um homem acusado de atacar pessoas na rua da cidade com um líquido que causa queimaduras. Até agora, cinco pessoas registraram ocorrências por lesão corporal. O delegado Luciano Coelho acredita que o suspeito esteja utilizando ácido para causar os ferimentos.

Uma das vítimas relatou à polícia que foi atacada por um homem que estava em uma bicicleta. Ele teria jogado no rosto da mulher um líquido transparente, que estava em uma garrafa pet. Minutos depois, a moça sentiu a pele queimar e precisou de atendimento médico. Outras vítimas relataram um ataque parecido, mas o suspeito estaria dentro de um carro.

“Não temos identificação do veículo nem do indivíduo, mas com certeza é a mesma pessoa [que joga o líquido]”, afirmou o delegado ao portal de notícias G1. Uma das mulheres atacadas teve queimaduras de segundo grau no rosto e em partes do braço e segue hospitalizada.

“Ele não disse nada, simplesmente abriu a janela e jogou em mim. Uma situação muito estranha, eu fiquei sem entender”, contou Bruna Machado Maia, de 27 anos, à reportagem.

As roupas usadas pelas vítimas foram submetidas à exame para descobrir do que se trata a substância. A polícia ouve testemunhas e procura imagens dos locais do ataque para tentar elucidar o caso.

Últimas notícias