Polícia investiga se ataque na fronteira veio de facção criminosa

O alvo do ataque estaria envolvido em uma denúncia para ajudar a prender um líder da organização criminosa

atualizado 10/10/2021 8:45

Ataque mata filha de governador do MS e mais três na fronteiraTop Mídia News/Reprodução

Ainda é cedo para destacar a motivação do ataque, mas a Polícia Nacional do Paraguai trabalha na hipótese de que a chacina na manhã deste sábado (9/10) em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, Mato Grosso do Sul pode ter sido a mando de uma facção criminosa.

Quatro pessoas morreram com vários disparos feitos pelos pistoleiros quando o grupo voltava de uma festa. Duas pessoas ainda ficaram feridas e encaminhadas para hospitais da cidade paraguaia.

Leia a reportagem completa em Top Mídia News, site parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias