Polícia do Rio prende homem que tentava aplicar golpe financeiro em idosa

Acusado se passava por corretor e informava que a vítima tinha direito a prêmio de seguro

atualizado 26/01/2021 12:23

Rio de Janeiro – Policiais civis da 29ª DP (Madureira) prenderam, na tarde dessa segunda-feira (25/1), um homem acusado de praticar o “golpe da margem do consignado” contra uma idosa e realizar empréstimos na conta corrente dela.

O criminoso alegava que a vítima receberia restituição do valor pago a um seguro de vida. Ele foi preso no momento em que pretendia ir à agência bancária para realizar a transferência do valor contratado por empréstimo.

De acordo com as investigações, o acusado, se passando por corretor, fez contato com a vítima alegando que ela tinha um valor a receber do seguro de vida. Em seguida, foi à residência da idosa e, com acesso ao aplicativo do banco instalado no telefone, conseguiu contratar três empréstimos, totalizando a quantia de R$ 70.091.

A vítima somente tomou conhecimento do golpe quando acessou a movimentação financeira via aplicativo. Ela percebeu que havia empréstimos realizados em seu nome e creditados na própria conta sem autorização.

O autor tentava fazer com que a transação fosse legal por meio de contratos forjados. Ele foi autuado em flagrante pela prática de tentativa de estelionato e de crime contra as relações de consumo. O homem está à disposição da Justiça.

Últimas notícias