Polícia Civil prende trio que roubava imóveis de luxo no Rio

Quadrilha, ligada ao tráfico dos complexos do Lins e do Alemão, atacava residências no Joá, Barra da Tijuca, Jardim Botânico e Gávea

atualizado 24/03/2021 17:12

Rio de Janeiro – A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu três integrantes da maior quadrilha de roubo de residências do estado. O trio foi abordado na Ponte de Joatinga, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, após assalto a uma residência no Jardim Botânico, bairro que concentra imóveis luxuosos na zona sul da capital.

0

De acordo com investigadores, Andrei Fernando Sorrilha Andrade, de 32 anos, conhecido como PH, Marcos da Silva Aires Júnior, 30, o Jota, e Heric dos Santos Baltazar, de 40 anos, que responde por Haiti, invadiram a casa armados com pistolas, kit rajada e granadas. Eles prenderam e amarraram idosos, proprietários da residência, para levar joias, computador e ainda encontraram R$ 50 mil em espécie.

De acordo com informações da 24ª (Piedade/Zona Norte), o grupo faz parte da quadrilha que controla o crime organizado nos complexos do Alemão e do Lins. Eles são responsáveis por praticar diversos roubos a residências nos bairros do Joá, Barra da Tijuca, Jardim Botânico, Gávea e Jacarepaguá.

 

Últimas notícias