“Tribunal do Crime” tenta executar acusado de esfaquear mulher

Lucas Ribeiro da Silva, 24 anos, foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio; ele seria assassinado por dez homens, segundo a PM

atualizado 07/06/2020 17:43

A Polícia Militar impediu que um homem fosse executado pela ação de facções em Eunápolis (BA) na noite da última sexta-feira (05/06). Lucas Ribeiro da Silva, 24 anos, seria assassinado porque, horas antes, teria esfaqueado uma moradora da comunidade.

Os executores do “Tribunal do Crime” fugiram logo após avistarem os policiais se aproximando. Lucas saiu do mato com as mãos amarradas. Ele relatou que seria morto por cerca de 10 homens. Os policiais tinham ido ao local após denúncia de moradores.

Preso por tentativa de homicídio, Lucas confessou ter esfaqueado a mulher de 29 anos. Ele declarou que teve, há um tempo, um relacionamento de dois anos com ela, mas estavam separados. No entanto, a mulher vítima da agressão declarou que é casada.

Confira a reportagem completa no site Bahia Notícias, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias