*
 

Um engenheiro civil de 71 anos foi sequestrado em Mogi das Cruzes, no interior paulista, na última quinta-feira (29/11). A ação, no entanto, teve um desenrolar inusitado. Segundo o portal G1, os bandidos não só pararam em um bar, durante o sequestro, para beber cerveja, como ao final deram R$ 300 à vítima para que ele voltasse para casa.

A quantia se justifica pelas longas distâncias percorridas naquela tarde: a dupla de sequestradores levou a vítima até São Matheus, um distrito na Zona Leste da capital paulistana. O engenheiro contou à polícia que por volta das 16h foi abordado em seu carro por um dos assaltantes, já de mão armada. Com um golpe no rosto do idoso, o homem exigiu que ele fosse ao banco do carona e assumiu a direção do carro.

O homem encontrou com seu colega alguns minutos depois, ainda em Mogi. Este segundo homem levou o cartão de crédito da vítima para fazer compras, mas voltou uma hora depois de mãos abanando: disse que não havia conseguido usar a tecnologia. Os dois então obrigaram o engenheiro a fazer dois saques de R$ 1 mil cada um.

Em seguida, a dupla foi a um bar, onde beberam cerveja. Eles levaram a vítima até uma favela do bairro e o liberaram por volta das 20h30. O engenheiro contou que os ladrões não quiseram levar seu celular e ainda deram R$ 300 para que voltasse para casa de táxi. Além do dinheiro dos saques, os dois homens levaram o carro, dois relógios, vitaminas e algumas roupas que estavam no veículo.