PT quer impedir destruição de mensagens hackeadas anunciada por Moro

Deputado federal Paulo Pimenta (RS) foi ao Twitter para criticar anúncio do ministro da Justiça e Segurança Pública a autoridades

atualizado 25/07/2019 19:34

Liderança do PT/CD

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), líder do PT na Câmara, foi ao Twitter na tarde desta quinta-feira (25/07/2019) para criticar eventual destruição de material apreendido com o grupo de supostos hackers presos na terça-feira (23/07/2019) na Operação Spoofing.

A decisão de descartar as mensagens encontradas com os presos foi revelada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a autoridades avisadas por ele de que teriam sido vítimas dos ataques a aparelhos celulares.

Pimenta defende que Moro, citado na publicação de mensagens pelo site The Intercept Brasil, não pode ser tomada pelo ministro, por ser ele “parte envolvida nos fatos”. Confira:

Últimas notícias