*
 

A Polícia Civil fez nesta segunda-feira (13/3) uma grande apreensão de bolívares venezuelanos na favela do Caju, zona portuária da cidade. De acordo com policiais da delegacia de São Cristóvão, responsável pela operação, os cerca de 40 milhões de bolívares, o equivalente a R$ 12 milhões pelo câmbio atual, estavam em várias malas espalhadas nos bancos e no porta-malas de dois carros roubados. A polícia chegou à favela depois de receber denúncia anônima. Na ação, houve troca de tiros com os traficantes da região, mas ninguém foi preso ou ferido. Os carros e o dinheiro foram levados para a delegacia.

De acordo com o delegado André Neves, que coordenou a operação, a Polícia Civil ainda não sabe qual será a destinação do dinheiro: se as notas serão contados na própria delegacia com auxílio da polícia técnica ou se vão ser encaminhadas para a Superintendência da Polícia Federal, no Rio.

Os agentes guardaram o dinheiro em sala e esperam ordens da cúpula da Polícia Civil para definir o que fazer. Os policiais suspeitam que o dinheiro apreendido tenha ligação direta com o tráfico de drogas, mas, como não é um valor de fácil transação no mercado, é preciso aprofundar as investigações para saber o destino final dos bolívares.

 

 

COMENTE

Rio de Janeirodinheirofavela
comunicar erro à redação

Leia mais: Polícia