*
 

O policial militar Márcio da Silva Lima, 31 anos, foi preso em flagrante após matar a tiros a ex-namorada, Janaina Mitiko, em São Paulo. De acordo com a Veja, o assassino se apresentou a Primeira Companhia do 39º Batalhão logo após cometer o homicídio.

O PM, que trabalhava em cargo administrativo, foi transferido para o presídio militar Romão Gomes. O registro policial aponta que o crime foi motivado por conta do fim do relacionamento. Janaina havia terminado o namoro no final de 2016 porque teria sido agredida pelo soldado.

Márcio ainda teria ameaçado a ex por meio de ligações telefônicas e nas redes sociais. O assassinato aconteceu quando Janaina voltava da academia. A vítima ainda sofreu novas agressões antes de ser alvejada com vários tiros.

 

 

 

COMENTE

polícia militarfeminicídio
comunicar erro à redação

Leia mais: Polícia