Morador preso por ameaçar síndico responde por homofobia e porte ilegal

Após a primeira ameaça, o morador ainda teria ameaçado porteiros que presenciaram a cena

atualizado 24/11/2020 20:55

Reprodução

O morador de 43 anos, preso por ameaçar o síndico do condomínio em que mora, no bairro Água Verde, em Curitiba, vai responder por homofobia e porte ilegal de arma.

A informação foi confirmada nesta terça-feira (24/11) pelo delegado José Vitor Pinhão, do 9º Distrito Policial, que ainda ouve testemunhas do ocorrido. Um dos elementos que embasa o pedido de prisão preventiva é a obtenção de imagens de monitoramento do prédio, que confirmam o uso da arma pelo suspeito.

Leia mais em Banda B, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias