Homem trans é amarrado em poste e morto a tiros em Fortaleza

A vítima foi atingida com três disparos na cabeça. Polícia investiga ligação do crime com tráfico de drogas ou transfobia

ReproduçãoReprodução

atualizado 07/09/2019 19:58

Um homem trans, de 20 anos, teve o corpo arrastado pela rua e foi morto com três tiros na cabeça, na noite de sexta-feira (06/09/2019),no bairro Pici, em Fortaleza (CE). De acordo com relatos de testemunhas, Yuri Gabriel Castro Farias Praciano foi abordado por três homens, amarrado a um poste e executado com três tiros na cabeça. As informações são do Uol.

De acordo com a reportagem, testemunhas que viram Praciano ser amarrado ao poste ligaram para a polícia que, ao chegar ao local, já o encontraram morto. Um comerciante chegou a contar que ouviu os gritos de Yuri e que as pessoas próximas ficaram muito assustadas. A família da vítima preferiu não conversar sobre o assunto.

A polícia investiga as hipóteses de ligação com tráfico de drogas e crime por homofobia. O caso está sob investigação do 11º Distrito Policial de
Fortaleza.

Últimas notícias