“Podia ter sido ainda pior”, diz mãe de menina que morreu ao tomar choque

Júlia tinha 8 anos e tirou foto com os enfeites de Natal minutos antes de morrer. A irmã dela conseguiu se soltar após a descarga

atualizado 30/11/2020 14:46

Arquivo Pessoal

Júlia Honória Franco, de 8 anos, morreu após levar um choque ao encostar na estrutura de metal da decoração natalina de uma praça pública, em Caldas Novas.

Segundo a mãe da menina, Rejainy Honória de Almeida, informou ao G1, ao ver Júlia tomando o choque, a irmã mais velha da menina segurou em sua mão, mas sentiu a corrente elétrica e conseguiu se soltar.

“Quando minha outra menina colocou a mão nela, sentiu que ela estava tomando choque, se soltou e gritou para ela soltar. A tragédia não foi maior porque minha outra filha conseguiu tirar a mãozinha. Se ela tivesse ficado segurando a Júlia, ela poderia ter recebido a descarga. Tenho de agradecer porque, do jeito que foi, eu estaria chorando duas perdas”, afirmou ao portal.

A morte ocorreu na noite de sexta-feira (27/11). Júlia foi levado ao hospital, mas não resistiu. A irmã dela não chegou a se ferir.

A Polícia Civil apura o caso. Por sua vez, a Prefeitura de Caldas Novas, responsável pela montagem da decoração, disse que se colocou à disposição das investigações.

A família saiu de casa na noite da última sexta-feira para se distrair com a decoração natalina. Rejainy estava com o marido e três filhas. Minutos antes do choque, a mãe fez fotos de Júlia com a decoração ao fundo.

“Júlia estava toda feliz. Quando as crianças estavam brincando perto de uma estrutura metálica onde vai ser feito um túnel de luzes, ela colocou a mão nesse túnel e ficou com a mãozinha dela grudada ali”, relatou.

A menina foi enterrada no sábado (28/11), em Caldas Novas.  A Polícia Civil já instaurou inquérito para apurar o caso, esclarecer o que provocou a morte e responsabilizar os envolvidos.

A Prefeitura de Caldas Novas, em nota divulgada no sábado, lamentou o ocorrido, e disse que “se coloca à disposição para ajudar no que for preciso”. Afirmou ainda que a montagem da estrutura é feita por “profissionais capacitados, que realizam esse trabalho há 10 anos”.

A Secretaria de Turismo informou que toda a iluminação vai ficar desligada até que uma equipe de profissionais faça uma vistoria em toda a parte elétrica para garantir a segurança dos frequentadores da praça.

Últimas notícias