PM que matou irmã havia agredido outra familiar antes do crime

Segundo depoimento de testemunha, Rhaillayne de Oliveira de Mello, de 23 anos, agrediu a própria mãe e uma outra irmã, que está grávida

atualizado 05/07/2022 15:25

Imagem colorida onde tem uma viatura de SAMU e pessoas em voltaO São Gonçalo/Divulgação

Pouco antes de matar a irmã , no último sábado (2/7), no Camarão, em São Gonçalo (RJ), a policial militar Rhaillayne de Oliveira de Mello, de 23 anos, agrediu a própria mãe e uma outra irmã, que está grávida. As informações constam no depoimento de um amigo da família ao qual O São Gonçalo, parceiro do Metrópoles, teve acesso.

De acordo com o rapaz, enquanto ele estava com Rhayna em um bar, a acusada estava com a mãe e uma irmã, grávida, voltando de uma festa, em um carro de aplicativo, quando começou uma discussão. Pouco depois, a PM agrediu suas familiares.

Leia mais em O São Gonçalo.

Mais lidas
Últimas notícias