Pisoteados: perseguição e tiroteio em baile funk deixa 9 mortos

Há ainda duas pessoas gravemente feridas. O motivo seria uma perseguição policial que levou até a festa

Elaine Patricia Cruz/Agência BrasilElaine Patricia Cruz/Agência Brasil

atualizado 01/12/2019 13:53

Uma perseguição policial com troca de tiros durante um baile funk em Paraisópolis, zona sul de São Paulo, deixou ao menos nove pessoas mortas após serem pisoteadas na madrugada deste domingo (01/12/2019). Outras sete ficaram feridas.

Segundo a polícia, os militares realizavam a Operação Pancadão na região de Paraisópolis, quando dois homens em uma motocicleta atiraram contra os PMS. Após os disparos, a moto fugiu para o baile funk.

Com isso, os agentes começaram a perseguir os suspeitos, que entraram na festa que reunia cerca de cinco mil pessoas. Equipes da Força Tática ainda foram enviadas ao local para dar apoio. Mas foram recebidas com “pedradas e garrafadas” pela plateia.

A polícia então revidou com munições químicas e uma pessoa da multidão disparou um tiro. O episódio causou confusão e pessoas foram levadas em estado grave ao pronto-socorro.

Últimas notícias