PGR recomenda ao Amazonas isolamento severo e aumento do toque de recolher

O governador do estado, Wilson Lima, tem até este sábado para dar um retorno ao órgão. Medida foi tomada por causa da Covid-19

atualizado 22/01/2021 18:31

Diego Peres/Secom

Em documento enviado ao governo do Amazonas, a Procuradoria-Geral da República (PGR) recomendou que seja imposto um isolamento sanitário mais severo no estado, com aumento do período de toque de recolher, até que haja estabilidade ou diminuição da curva de contaminação da Covid-19.

O governador do estado, Wilson Lima, tem até o fim da tarde deste sábado (23/1) para responder à PGR.

No texto enviado ao governo do Amazonas, a PGR lista notícias do colapso no sistema de saúde do estado e diz que as medidas adotadas até agora não têm tido efeito.

Entre as considerações, os procuradores e subprocuradores que assinam a recomendação dizem que, “diante da insuficiência de vacinas disponibilizadas até o momento, e da inexistência de medicamentos que impeçam a transmissão da doença, a estratégia de total isolamento sanitário é a que se tem mostrado mais eficaz no retardamento da velocidade de propagação da doença”.

Ao fim do documento, o MPF adverte que “o seu descumprimento poderá implicar na adoção das providências cabíveis, inclusive responsabilização civil e penal dos envolvidos”.

Veja o documento:

Recomendação by Metropoles on Scribd

Últimas notícias