PF muda comando de equipe que investiga autoridades com foro

Ela substituirá Cleyber Malta Lopes, responsável pelo inquérito que levou ao indiciamento do ex-presidente Temer na investigação dos Portos

Agência CâmaraAgência Câmara

atualizado 19/08/2019 18:33

A delegada Christiane Correa Machado será a nova chefe do Serviço de Inquéritos Especiais (Sinq), grupo que investiga autoridades com foro privilegiado, como políticos e membros do Judiciário. São informações de O Globo.

Ela substituirá o delegado Cleyber Malta Lopes, responsável por conduzir o inquérito que levou ao indiciamento do ex-presidente Michel Temer (MDB) na investigação dos Portos.

Recém-chegada de um mestrado no Colégio Interamericano de Defesa, ligado à OEA, nos EUA, Christiane já vinha sendo sondada pelo diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Igor Romário. O convite foi feito há três semanas pelo próprio Igor, que comandou a Lava Jato em Curitiba. A delegada aceitou o convite nesse fim de semana.

Histórico
Christiane já chefiou interinamente a Diretoria de Inteligência da PF, foi a número dois da área, comandou a divisão antiterrorismo e atuou em operações de contrainteligência dentro do órgão, como Anaconda e Hurricane.

Por estar no comando do grupo desde janeiro, Malta Lopes já não preside mais nenhuma investigação de autoridades com foro. Com a chegada de Christiane, o delegado, que ficou cerca de oito meses no cargo, deve deixar o Sinq.

Últimas notícias