Paty Bumbum nega contato com mulher investigada por morte de modelo

Em depoimento realizado nesta quarta-feira (1º/8), ela negou suposta ligação com massoterapeuta Valéria Santos

DIVULGAÇÃO/ POLÍCIA CIVILDIVULGAÇÃO/ POLÍCIA CIVIL

atualizado 02/08/2018 10:06

Acusada de realizar procedimentos estéticos que deixaram sequelas em seis mulheres, a massoterapeuta Patrícia Silvia dos Santos, conhecida como Paty Bumbum, de 47 anos, prestou depoimento à Delegacia do Consumidor (Decon) do Rio de Janeiro, na cidade da Polícia, na Zona Norte da capital carioca, na manhã desta quarta-feira (1º/8).

Segundo a delegada Daniela Terra, ela só respondeu a uma pergunta. Paty Bumbum já foi indiciada por exercício ilegal da medicina e também vai responder por lesão corporal e estelionato.

Uma das dúvidas que a Polícia Civil tenta esclarecer é a ligação entre Paty Bumbum e a massoterapeuta Valéria dos Santos Reis, suspeita de ter realizado o procedimento estético que causou a morte da modelo Mayara Silva dos Santos, de 24 anos. A jovem morreu em 20 de julho, horas após se submeter ao procedimento.

De acordo com pacientes de Paty Bumbum, em determinadas circunstâncias, ela encaminha pessoas para Valéria. A polícia tem indícios de que as duas eram sócias em 2015.

Durante o depoimento desta quarta (1º), Paty só aceitou responder sobre sua suposta ligação com a massoterapeuta. Ela negou: “A única pergunta que Patrícia respondeu foi se conhecia Valéria Santos. Ela disse que a conheceu no curso de formação (em massoterapia), mas não tinha contato com ela e há anos não a encontra. Ela negou ter feito qualquer tipo de procedimento”, afirmou a delegada.

Vítimas
Na semana passada, três ex-pacientes de Paty Bumbum foram à delegacia depor. Uma das vítimas sofreu trombose em 2016 e a outra passou a mancar, devido a dores na perna, três meses após fazer uma intervenção estética.

“A vítima que teve trombose ficou uma semana e um dia internada. Há indícios, pelo laudo médico dela, de que houve aplicação de silicone industrial, pois o exame acusou óleo dentro do corpo. Uma outra pessoa está com problemas na perna, é visível que teve complicações após o procedimento”, contou Daniela Terra.

Outras três clientes de Paty Bumbum prestaram depoimento, na segunda-feira (30/7), e também relataram problemas com intervenção estética. Duas têm lesões aparentes no corpo, segundo a delegada. Daniela encaminhou as seis mulheres ao Instituto Médico Legal (IML) e sugeriu que elas procurassem um médico para obter laudos sobre seus estados de saúde.

Últimas notícias