Pastor é acusado de esfaquear garota de programa em motel após consumir drogas

Segundo relato de uma funcionário, o pastor "tinha certeza que tinha matado ela". Mulher não chegou a ter relações sexuais com o pastor

atualizado 13/10/2021 17:52

Topmídia news

Um pastor é acusado de ter esfaqueado uma garota de programa, de 30 anos, na última segunda-feira (11/10), não chegou a ter relações sexuais com a vítima. O crime ocorreu em um motel no bairro Jardim Tijuca, em Campo Grande.

Conforme relatos obtidos pela reportagem, o pastor envolvido no caso entrou no estabelecimento às 12h daquele dia e permaneceu trancado em seu quarto até às 18h consumindo drogas, horário em que a garota de programa entrou no motel e foi até o quarto.

A garota de programa não chegou a ter relações sexuais com o pastor. Quando ela chegou no quarto, o homem estava “louco” após ter consumido drogas por várias horas e começou a agredir a vítima “do nada”.

Saiba mais no Topmídia News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias