Para atender cliente, dono de conveniência bate em esposa

O homem quis violar o toque de recolher decretado para conter o avanço do coronavírus em Dourados (MS)

atualizado 06/07/2020 14:32

O descumprimento do toque de recolher em uma conveniência, na noite desse domingo (6/7), em Dourados (MS), levou um casal à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).

De acordo com informações do site Midia Max, a mulher relatou que aconselhou o marido a não atender uma pessoa que procurava bebida às 2h30, em razão do decreto que proíbe o funcionamento do comércio após as 20h.

Entretanto, o marido não escutou a esposa. Segundo o boletim de ocorrência, ele disse “que tinha que trabalhar” e a agrediu fisicamente, ocasionando machucados em seus lábios, seios e dedos.

A mulher contou ainda que faz seis meses que tem problemas de convívio com o marido, mas que depois das discussões sempre continuam juntos.

Últimas notícias