Pai e filho são suspeitos de matar agiota a tiros na porta de casa

Polícia Civil apontou que suspeito fingiu ser cliente da vítima, a chamou no portão de casa e efetuou disparos em Aparecida de Goiânia

atualizado 12/08/2022 11:54

Pai e filho são preso suspeitos de matar agiota a tiros em Aparecida de Goiânia, GoiásReprodução: PCGO

Goiânia – A Polícia Civil de Goiás prendeu, na quinta-feira (11/8), pai e filho suspeitos de matar a tiros o agiota João Teodoro Mendes, de 61 anos, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital goiana. A investigação apontou que o jovem fingiu ser cliente da vítima, a chamou no portão de casa e efetuou disparos. O idoso morreu no local.

De acordo com a investigação, o crime ocorreu em maio deste ano, no Residencial Por do Sol, bairro onde o agiota morava. A motivação do homicídio não foi divulgada pela polícia.

Depois de atender a um chamado no portão, segundo a investigação, o idoso foi morto a tiros. A equipe de investigação descobriu que o atirador usou a arma e a moto do pai para cometer o crime, que foi preso por suspeita de participação.

A polícia ainda não informou detalhes do envolvimento de cada suspeito no crime nem divulgou os nomes deles. Por isso, o Metrópoles não encontrou contato da defesa até o momento em que este texto foi publicado, mas o espaço segue aberto para manifestações.

Mais lidas
Últimas notícias