Padre abençoou noivos pouco antes de atropelar suspeito de furto em SP

Noiva relatou que padre Gustavo Trindade estava bem-humorado na cerimônia: "Ele estava super sossegado"

atualizado 12/05/2022 8:55

Padre Gustavo TrindadeReprodução

O padre Gustavo Trindade dos Santos celebrou um casamento na noite do último sábado (7/5) pouco antes de atropelar propositalmente um suspeito de furto em sua igreja na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo.

A noiva do casamento, celebrado pelo religioso, revelou ao G1 a sua perplexidade diante do episódio. Ela contou que o padre estava bem-humorado no momento da cerimônia, ou seja, antes do ataque de fúria ao volante do veículo.

“Eu cheguei à igreja por volta de 19h20 e vi também o padre chegando com o carro branco. Até então, não o conhecia, mas ele foi super atencioso, deu risada, brincou com a gente antes e durante a cerimônia. Falou para eu ficar calma, que era para eu respirar, que tudo ia dar certo. Ele estava super sossegado”, relatou a noiva.

0

Ela contou que, antes mesmo de deixar o local, já soube do episódio por volta das 21h30. Ela acabou ficando um pouco mais na igreja, após o fim da cerimônia, para uma sessão de fotos com o marido.

“A maioria do pessoal já tinha saído para a festa. Eu e meu marido alugamos um carro antigo e ficamos com algumas pessoas fazendo umas fotos em frente à igreja. Havia ainda um pessoal recolhendo as flores. Neste momento, a gente viu um ‘corre corre’ de viatura do Samu. A polícia entrou na igreja e explicou que atropelaram um homem próximo dali”, revelou Tatiane.

Mais lidas
Últimas notícias