Olavo de Carvalho pede cadeia para Mandetta: “Quer corpos”. Veja

Guru da ala ideológica do bolsonarismo acusa o ministro de estar privando pacientes de coronavírus da cura ao dificultar cloroquina

atualizado 07/04/2020 21:30

Para o escritor Olavo de Carvalho, que exerce forte influência intelectual sobre a chamada ala ideológica do bolsonarismo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, não deve ser apenas demitido, mas preso.

Segundo o guru de ministros como Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, o crime cometido por Mandetta é a privação dos pacientes de coronavírus da “cura” da doença por não concordar com o uso generalizado da cloroquina, ou hidroxicloroquina, no tratamento.

O ministro tem resistido a liberar o medicamento, normalmente usado contra doenças autoimunes e malária, para uso generalizado, fora de protocolos de pesquisa, alegando que não há evidências científicas conclusivas de sua eficácia. O veto de Mandetta incomoda o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem divulgado depoimentos pró-cloroquina.

“Esse Mandetta é pueril, boboca, metido”, atacou Carvalho. “Deveria estar na cadeia. Está escondendo o remédio que vai salvar as pessoas. Eles [Mandetta e governadores] querem fabricar corpos para impressionar”, acusou, ainda.

As declarações foram dadas na noite desta terça-feira (07/04) em um programa do canal Terça Livre, do jornalista Allan dos Santos, que apresentou, antes da fala do escritor, a teoria de que a China sabe há anos que a cloroquina é eficaz contra a família de coronavírus, mas escondeu isso do mundo com interesses comerciais e políticos.

Na conversa, Carvalho defendeu ainda que a pandemia de coronavírus (que ele não considera ser uma pandemia real) acabou com a independência do Brasil. “O embaixador da China manda no Brasil”, afirmou.

Disse também que, caso o coronavírus mate 200 mil pessoas nos Estados Unidos, é triste, “mas não é uma catástrofe mundial. Nem nacional”, avaliou.

O professor on-line de filosofia ainda reafirmou que considera ter contraído coronavírus há dois meses. “Eu peguei essa porcaria, há dois meses. Fui um dos primeiros do mundo, tive todos os sintomas, e sarei sem ninguém saber como”, garantiu.

Veja o vídeo completo:

Últimas notícias