Obra do artista Kobra, que custou R$ 400 mil, “derrete” em Boa Vista

A pintura fica no Parque Rio Branco e se deteriorou após quatro meses do lançamento do painel

atualizado 21/04/2021 13:13

Foto: Giovani Oliveira / Prefeitura de Boa Vista

São Paulo – O painel do renomado artista Eduardo Kobra, pintado em um muro do Parque Rio Branco, em Boa Vista (RR), está se deteriorando após quatro meses do lançamento da obra.

A pintura de uma iguana gigante está no muro principal do parque. E custou à prefeitura da cidade R$ 400 mil.

A prefeitura informou que a situação será avaliada. De toda forma, adiantou que a hipótese para a deterioração da obra seja a exposição ao sol e o grande volume de chuvas que ocorre na cidade, que está causando umidade no muro.

O órgão ainda disse que fez contato com a equipe de Kobra, que fará os reparos necessários na obra.

Ao G1, Kobra informou que “não é comum a pintura derreter em um curto tempo e que uma equipe deve fazer a restauração do muro na próxima semana”.

O parque conta com outras 34 obras feitas por 25 artistas locais – duas também estão danificadas. A prefeitura não respondeu sobre a previsão de restauração dessas obras. Cada artista recebeu R$ 6 mil para a produção delas.

Últimas notícias