Novas imagens mostram momento em que PRFs jogam gás e fecham viatura

Vídeo divulgado revela que Genivaldo permaneceu na viatura durante dois minutos, sob os efeitos do gás. Homem morreu por asfixia, aponta IML

atualizado 26/05/2022 16:35

Agentes da PRF colocam Genivaldo em viatura na cidade Umbaúba, Sergipe. Ele morreu sufocado por um gás no camburão do carro policial - MetrópolesReprodução

Novas imagens obtidas pelo Metrópoles mostram o momento exato em que os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) jogam uma bomba de gás lacrimogêneo na viatura onde estava Genivaldo de Jesus Santos, 38 anos, e fecham a porta traseira. O homem foi morto por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda ao ficar dentro da “câmara de gás” por cerca de dois minutos.

Veja:

Nesta quinta-feira (26/5), o laudo do Instituto Médico-Legal (IML) confirmou que a morte de Genivaldo foi provocada por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.

Pessoas que passavam pelo local no momento da abordagem registraram a ação. Confira abaixo:

Mais lidas
Últimas notícias