Namorado de vítima de afogamento em MG: “Água veio e levou”

Além de uma jovem de 17 anos, morreram o pai e a mãe dela, 45 e 39. Bombeiros procuram por outras vítimas

ReproduçãoReprodução

atualizado 02/01/2020 11:20

Após uma cabeça d’água deixar três pessoas da mesma família mortas, o namorado de uma das vítimas contou detalhes do momento de pânico. Todos estavam em um complexo de cachoeiras em Guapé, no sul de Minas Gerais, quando o acidente ocorreu. A informação é do portal G1.

“A água veio e levou os três juntos”, contou o jovem Diego Silvério, que namorava Dafne Carvalho de Magalhães Couto, de 17 anos. Os outros dois mortos são o pai e a mãe da menina, Émerson Magalhães Couto, 45, e Áurea Carvalho Magalhães, 39.

Os bombeiros não descartam a possibilidade de que mais pessoas estejam desaparecidas. Isso porque a cabeça d’água atingiu um local que recebe muitos visitantes.

Segundo o jovem, ele estava com as três vítimas em uma das cachoeiras que fazem parte do Parque Ecológico do Paredão quando uma mulher, que não era da família, gritou e avisou os visitantes sobre o aumento do volume de água.

“Nós fomos descer, fui pegar meu celular. Eles [a família] foram descendo no lado, para a trilha que vai para o bar. A água veio, ele [Emerson] escorregou, a mulher dele foi tentar pegar, minha namorada estava junto. Ela escorregou, a água veio e levou os três juntos”.

Veja vídeo:

Últimas notícias