Mulher suspeita de roubar bebê recém-nascida em maternidade é presa pela PM

O caso ocorreu em Manhuaçu, Minas Gerais, e a mulher se passou por enfermeira para conseguir tirar a criança da mãe

Mãe com bebê roubadoDivulgação

atualizado 26/05/2020 15:03

Uma mulher de 26 anos, suspeita de roubar um bebê de dentro da maternidade do Hospital César Leite, no Centro de Manhuaçu (MG), foi presa pela Polícia Militar na noite dessa segunda-feira (25/05). A PM foi chamada por uma enfermeira.

A profissional de saúde disse que a mulher deu entrada no hospital às 22h30, como paciente, falando que estava grávida e com dores abdominais. Após a primeira consulta, ela foi encaminhada para um quarto. Lá, a suspeita se passou por enfermeira e disse à mãe de uma bebê que precisava levar a recém-nascida para ser medicada. A mãe, apesar de a mulher não ter crachá ou uniforme, não desconfiou e entregou a criança.

Com a demora a voltar, a mãe perguntou a uma enfermeira pela filha e foi aí que soube que havia algo errado. A suspeita havia deixado o hospital com a bebê e a polícia foi chamada. Rapidamente, os agentes apuraram as informações da mulher e descobriram que ela morava no Povoado de São João da Figueira, em Durandé. A polícia passou por pontos de táxi da cidade e, conversando com taxistas, foram informados de que a suspeita entrou em um táxi na rodovia e se deslocou para a cidade onde mora.

A PM de Durandé foi acionada para interceptar o táxi. Os policiais foram até a casa da mulher e ela estava lá com a bebê. Ela disse que a criança era sua filha e que havia acabado de chegar do hospital onde tinha dado à luz.

De acordo com o G1, os agentes recuperaram a criança da suspeita e a levaram de volta ao hospital, onde foi reconhecida pela mãe biológica e entregue a ela. A recém-nascida não teve ferimentos.

Últimas notícias