metropoles.com

Mulher que escondeu corpo do marido no freezer: “Vou parar de apanhar”

Em entrevista, a pedagoga Claudia Tavares afirmou que era vítima de violência doméstica e que se sente livre após o crime

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Cláudia, mulher que foi presa por matar o marido e esconder o corpo no freezer - Metrópoles
1 de 1 Cláudia, mulher que foi presa por matar o marido e esconder o corpo no freezer - Metrópoles - Foto: Reprodução

A pedagoga Claudia Fernandes Tavares Hoeckler, de 40 anos, presa por matar o marido, Valdemir Hoeckler, e esconder o corpo no freezer de casa, deu detalhes sobre a motivação do crime. A mulher afirma que era vítima de violência doméstica e que sentiu uma “sensação de liberdade” após o delito.

“Eu sinto que minha filha está mais segura. Não vai ter ninguém impedindo da gente se ver. Sei que vou parar de apanhar, não sei explicar, mas é uma liberdade”, afirmou ao canal Beto Ribeiro, no YouTube. Ela concedeu a entrevista um dia antes de se entregar à polícia, nessa segunda-feira (21/11).

“Eu vou agora cumprir minha pena, vou para cadeia, mas eu nunca me senti tão livre”, disse.

A pedagoga narrou situações de violência em que o homem ameaçava a ela e a filha do casal. O estopim foi quando Valdemir teria proibido a mulher de viajar com as colegas de trabalho.

“No domingo (13/11) eu pedi para ir. Ele me bateu e disse que eu não ia […] disse que se eu fosse, ele ia me buscar aonde eu estivesse e ia me matar”, contou.

Ela confessou que deu remédio para o marido dormir e o asfixiou. “Dei um surto. E pensei: ‘já que alguém vai morrer, que seja você.'”

Hematomas

Valdemir foi encontrado morto dentro de um freezer na residência do casal no último sábado (19/11), em Lacerdópolis (SC). Ele estava desaparecido havia quatro dias.

Durante as investigações, ainda na época do desaparecimento, Claudia foi submetida a um exame de corpo de delito por causa de lesões e hematomas que apresentava no corpo, semelhantes a agressões.

O advogado da mulher investigada afirmou que a morte foi motivada por supostos episódios de violência doméstica.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações